Arrebentação!

Da Onda do mar,

Da alma,

Do coração!

Ao por do sol,

Se desmancha

Em gotículas,

Que se deitam na rocha.

Não posso ver,

E o que ofusca a visão

Só me faz,

Ainda mais crer!

De toque suave,

Raios de sol

Estão em minha face…

Invadem,

E,

Alegremente inspira

E

Aquece!