O Cravo e a Rosa…

Do desejo de um,

Vieram dois.

De Cravo ou Rosa,

Chegaram ambos…

O “Cravo e a Rosa”.

O que seria o 3° filho,

Nos tornamos em quatro!

Quem era o caçula?

Ela, A Rosa…

Frágil no início…

Mas forte e cheia de espinhos,

Renasceu, cumprindo seu propósito.

Bela, destemida, singela, poeta.

O Cravo, nosso astro!

Do Sidney Magal a Clube da Esquina, hoje segue sua sina.

A de cantar, compor….nos enchendo de amor.

Tanto Cravo como a Rosa, deram lindos brotos…

Brotos de amor, de essência, de continuidade.

Cravo e Rosa são meus irmãos gêmeos.

45 anos, de história, de vida,

De amor e poesia.