Eli!

Seria pouco dizer que é somente uma amiga.

Assim como seria injusto chamá -la de irmã.

Uma metade de cada, assim ela é.

Aquela que sempre tem voz,

Mas que não é o meu algoz.

Aquela que brilha,

Além da ponta de uma sapatilha!

A que não precisa ser exposta,

Pra mostrar o quanto se expõe.

Aquela que na tristeza,

Somente escorre lágrimas

Sem mexer um só músculo.

A que sempre viveu a vida

Como se fosse seu último sopro,

Nos mostrando o que é viver…

Aquela que no silêncio de seu amor,

Jamais deixou de se importar com quem sente dor…

A que ouve confidências,

E sabe fingir demência (rs)!

Aquela que encontrou o mais puro dos amores,

E a transbordou…

De amor e doçura lhe inundou!

Essa, aquela…

Eli é o nome dela!

A que fazia bigudinho aos 12 anos e chegava na minha casa com o cabelo gigante cheio de papelote,

Que tinha pavor de ver a gente lavando louça…

E que junto comigo fugia da minha irmã Luciana….rsrs.

Uma das pessoas mais importantes da minha vida…

Simplesmente obrigada por fazer parte dela durante todos esses 37 anos!

37 anos de amizade,

37 anos de irmandade…

37 anos “De tudo um pouco”….♡