Olhar de uma Cientista!

Carioca, minha prima formada na UERJ. Orgulho da família!

Mestrado e PHD, já há anos nos Estados Unidos como Pesquisadora e Professora.

By Helena Carvalho

“Minha expectativa é de que vamos sobreviver e que o mundo vai ficar diferente.
A questão é fazer o melhor deste momento.
O que era para ser de 2 semanas, passou para 3-4 meses, e agora só vai passar quando chegar a cura ou pelo menos o tratamento.
Já estávamos vivendo online, então a transição tem sido fácil, imagina se fosse antes do celular e internet!
Os grandes business vão quebrar se o governo não socorrer.
Mas o foco do governo tem que ser a saúde coletiva e individual.
Ou seja, além do óbvio (hospital médico etc) governo tem que prover para quem não está recebendo salário (garçom, manicure etc) porque está obedecendo o governo e ficando em casa.
Não voamos, e as cia aéreas perdem recurso mas os altos funcionários podem ficar em casa que não passarão necessidade.
Os empregados assalariados irão.
As pessoas que não vão carregar nossas malas precisam ser pagas pelo governo. Não as companhias.
Idealizo um futuro com uma melhor redistribuição de renda, onde pequenas empresas vão substituir as gigantes e vamos lidar com os donos.
Menos voos, menos opções de ir viajar, porém menos poluição no ar. ”

Helena Carvalho

Anúncios