Mar de Nazaré

Em busca do Swel
Pedidos ao “ceu”
Do “canhão” ele vem
No mar, tem nome de quem?
Nazaré, ela é!
Grandiosa…
Muito charmosa
Do Farol eu a vejo,
A onda…
O que eu tanto desejo…
Mar em movimento,
Sinto a Maresia,
Água de chuva…
Euforia,
Quanto mais chovia
Maior era a onda
Que dali, vinha!