Uma dança, uma vida!

Dançar é como flutuar…

Uma entrega íntima, de si mesma.

Pra você, por você, com você!

É desbravar um mundo novo…

De possibilidades,

De cumplicidade,

De vontade!

É sentir-se plena, é se deixar levar.

É também poder imaginar e quem sabe poder sonhar!

Uma ponta de pé,

Um giro,

Uma volta!

Um sorrir que não cessa, que deseja incansavelmente…

Uma necessidade,

Um vício,

Uma paixão!

1 comentário

Deixe uma resposta