Relaxe!

Conheci a massagem quando tive um outro probleminha aos 43 anos…rs.

Capsulite Adesiva. Aff.

Pra quem não conhece é a síndrome do ombro congelado. E como se não bastasse um ombro só, quando um ficou bom o outro ficou ruim. Há quem dizia que eu mais parecia um tiranossauro rex. Sim, meu braço não subia!!! Mal dava para lavar a cabeça, arrumar o cabelo, etc. Mas como a resiliência é uma de minhas forças soube rir de mim mesma e superar tudo isso.

Diante de algo que demorou 1 ano para cada ombro, entre fisio, hidroterapia, acupuntura, infiltração como tratamentos, eu procurei minha amiga de colégio Gabriela Melendes, que na época tinha um SPA.

Formada em Educação Física, especialista em massoterapia, optei em fazer um pacote de massagem pela primeira vez em minha vida.

Qual finalidade?

A massagem além de ajudar na tensão, ela ajuda a soltar a musculatura. Tanto na capsulite quanto na artrose, cuja musculatura se não for cuidada vai se atrofiando cada vez mais.

Hoje, vejo na massagem a possibilidade de uma desconexão de si mesma. Necessária para complementar um tratamento mas especialmente para trazer leveza, descontração muscular e zero estresse! 🙂

Mais um cuidado que nosso corpo agradece.

Não somente para quem tem algum problema físico e precisa se reabilitar mas também para aquela pessoa que cuida ou acompanha um parente doente por exemplo. Por quê? Para ter serenidade em continuar lutando, cuidando e amando.

Podemos fazer um post sobre os vários tipos de massagens com uma profissional…

Enquanto isso, ousem e relaxem!

Anúncios

4 comentários

    1. Que lindo Van!!! Parabéns pelo blog e pela sensibilidade na escrita !!! Você é uma mulher incrível!!! Sucesso nessa nova construção ! Bj Karina Wu

Deixe uma resposta